Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PSOL traça cenários para as eleições em São Paulo

Partido deve lançar candidaturas em 110 municípios do Estado.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 3 set 2020, 11h59 - Publicado em 3 set 2020, 11h32

A campanha eleitoral deste ano vai tomando forma e, na visão do PSOL, ao menos um cenário já está muito bem definido. “O pior cenário seria um segundo turno da direita contra a direita”, admite o presidente do diretório estadual do partido, Joselício Júnior. “Queremos que a esquerda esteja representada”, completa o responsável por tirar do papel candidaturas a prefeito e vereador em 110 dos 645 municípios paulistas.

Além da capital, onde Guilherme Boulos e Luiza Erundina formam chapa, o PSOL deve lançar candidatos em quase todos os 39 municípios da região metropolitana de São Paulo. Há previsão também para candidaturas em municípios da Baixada Santista, Vale do Paraíba e regiões de Sorocaba, Campinas, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.

ASSINE VEJA

A esperança dos novatos na bolsa Leia nesta edição: a multidão de calouros no mercado de ações, a ‘lista negra’ de Bolsonaro e as fraudes na pandemia
Clique e Assine
Publicidade