Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por foto ao lado de Azenha, desembargador processa Eduardo Paes

Ele diz que foi difamação

O desembargador Herbert de Souza Cohn apresentou uma notícia-crime contra Eduardo Paes (DEM) na Procuradoria Regional Eleitoral, do Ministério Público Federal, por crime de difamação.

O programa eleitoral de Paes exibiu uma foto em que Cohn aparece ao lado de Wilson Witzel (PSC) e do advogado Luiz Carlos Azenha em uma solenidade.

No documento, Cohn sustenta que a divulgação da foto deprecia a sua dignidade e “representa notável afronta ao Poder Judiciário”. Segundo Herbert Cohn, Paes cometeu crime de difamação.

Nesta semana, o desembargador Luiz Fernando Andrade Pinto proibiu a veiculação de vídeo em que a campanha de Eduardo Paes afirma que Witzel é amigo de Luiz Carlos Azenha, advogado do traficante Nem, da Rocinha. Mas, como mostrou uma reportagem da Veja, os dois são bem amigos, sim.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s