Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Plataforma vai mapear iniciativas tecnológicas verdes de São Paulo

Startups poderão propor soluções inovadoras para os principais problemas da cidade

Por Manoel Schlindwein 20 Maio 2020, 14h32

A cidade de São Paulo ganha hoje uma plataforma de mapeamento de iniciativas verdes. A ideia da Green Sampa é fomentar negócios sustentáveis, tecnologias verdes e qualificação profissional a fim de promover o desenvolvimento do município.

Na plataforma, o empreendedor cadastra sua startup e apresenta a solução tecnológica que poderá contribuir com as problemáticas da cidade. Após isso, a prefeitura identificará as demandas de empresas privadas e do setor público e cruzará com as soluções inovadoras de startups verdes.

As iniciativas contemplam diversos eixos temáticos como água e saneamento; ecoagricultura e segurança alimentar; eficiência e clean web; energias limpas e armazenamento energético; indústria limpa e logística reversa; mobilidade urbana e transporte; parques e áreas verdes; qualidade do ar; resíduos sólidos, entre outros.

A plataforma faz parte do programa Green Sampa, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho da capital, e é operada pela agência Ade Sampa. “Além de trazer soluções para problemas do cotidiano, as startups poderão criar uma relação com as empresas do setor público e privado, para tornarmos São Paulo uma cidade cada vez mais tecnológica e sustentável”, diz a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Continua após a publicidade
Publicidade