Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Picciani recebeu R$ 58 milhões da Fetranspor

A cúpula política do Rio implode.

Por Ernesto Neves - Atualizado em 14 Nov 2017, 11h57 - Publicado em 14 Nov 2017, 10h40

O deputado Jorge Picciani recebeu R$ 58.580.000 de reais em esquemas de corrupção nos transportes do Rio.

Segundo planilha publicada pelo Ministério Público Federal, o líder peemedebista era chamado por dois codinomes: satélite e platina.

reprodução/Reprodução

“Jorge Picciani, inicialmente, aparece identificado como Platina e depois como Satélite . Ele foi destinatário, no período de 15/07/2010 a 14/07/2015, de R$58.580.000,00, via pagamento Álvaro Novis, sendo R$ 49.960.000,00, a mando da Fetranspor”, afirmam os procuradores.

“O restante de R$ 8.620.000,00, a mando de Carlos Miranda e Sérgio Ca e será tratado posteriormente”, diz o MPF.

Continua após a publicidade

“Álvaro Novis esclareceu que os pagamentos efetuados a mando da Fetranspor para Picciani iniciaram na década de 90 e perduraram até a véspera da Operação Xepa da Lava Jato, em 2016, mas que só possuía parte das planilhas de pagamentos feitos a Jorge Picciani”, diz o documento do MPF.

 

Publicidade