Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Petistas comemoram absolvição de Vaccari Neto

Ex-tesoureiro do PT foi inocentado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região

Por Ernesto Neves Atualizado em 27 jun 2017, 17h40 - Publicado em 27 jun 2017, 16h54

Membros do PT comemoraram a absolvição João Vaccari Neto na segunda instância da Lava-Jato, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Em primeira instância, o juiz Sérgio Moro havia condenado Vaccari a 15 anos e 4 meses de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Atual presidente do PT, a senadora Gleisi Hoffmann (PR) afirmou, em nota oficial, que a revisão da pena “mostra o cuidado que deveria ser tomado pelas autoridades antes de aceitar delações premiadas que não são acompanhadas de provas”.

Gleisi diz ainda que “a decisão de segunda instância também chama a atenção quanto ao uso abusivo de prisões preventivas…”

Já Rui Falcão, ex-presidente do partido, disse que foi uma “vitoria do PT e da verdade” e que “ninguém pode ser condenado sem provas”. 

Elvino Bohn Gass (RS), por sua vez disse, escreveu em seu Twitter que a reversão da pena é um revés para Sergio Moro. “Delação sem prova não vale”, postou.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade