Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pedido de Flávio Bolsonaro para travar caso ‘rachadinha’ volta ao STJ

Ministros da Quinta Turma retomam julgamento de recursos da defesa do senador para suspender investigações

Por Mariana Muniz Atualizado em 12 mar 2021, 00h38 - Publicado em 23 fev 2021, 07h30

Os ministros da Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça voltam a analisar nesta terça os três recursos do senador Flávio Bolsonaro no caso das “rachadinhas”.

A defesa do filho do presidente questiona decisões tomadas na primeira instância que permitiram o andamento das investigações contra ele, como a quebra de sigilo bancário.

Defesa de Flávio Bolsonaro

Os processos serão devolvidos pelo relator, ministro Felix Fischer, que negou todos os pedidos feitos pela defesa de Flávio. Há duas semanas, Fischer pediu “vista regimental” depois que o colega João Otávio de Noronha levou um voto divergindo — atendendo em parte a alguns pedidos dos advogados do senador.

Outros três ministros que integram o colegiado ainda precisam votar: Reynaldo Soares da Fonseca, Ribeiro Dantas e Ilan Parcionik. Caso os pedidos de Flávio sejam atendidos, toda a investigação do caso da rachadinha, que resultou em uma denúncia contra ele no ano passado, será paralisada.

Continua após a publicidade
Publicidade