Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Passa por cima

Na reunião de coordenação política ontem, Dilma Rousseff resolveu engrossar o tom com a base aliada. Sobre o acordo construído pelos líderes partidários em torno da Emenda 29, que pode ser analisada antes da DRU, Dilma foi direta: não tem acordo, a ordem é votar a DRU. Para evitar o pior, líderes passaram a noite […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h59 - Publicado em 6 dez 2011, 07h32

Na reunião de coordenação política ontem, Dilma Rousseff resolveu engrossar o tom com a base aliada. Sobre o acordo construído pelos líderes partidários em torno da Emenda 29, que pode ser analisada antes da DRU, Dilma foi direta: não tem acordo, a ordem é votar a DRU. Para evitar o pior, líderes passaram a noite no Planalto em reunião, mas…

Ciente de que o calendário joga contra o Planalto, a própria base governista no Senado faz o jogo da oposição para tentar obter toda sorte de vantagens no governo. Diante do movimento oportunista e da falta de vontade de Dilma com a Emenda 29, ministros estão convencidos de que Dilma terá de ceder. Um conselheiro resume:

— Sem Emenda 29 e no seco não vai dar.

Publicidade