Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Para 56,7%, Bolsonaro errou ao trocar Ramos por Ciro na Casa Civil

O Instituto Paraná Pesquisas ouviu 2.036 brasileiros nas 27 unidades da federação entre os dias 2 e 6 de agosto. A margem de erro é de 2%

Por Robson Bonin Atualizado em 9 ago 2021, 15h29 - Publicado em 10 ago 2021, 06h04

Convidado há duas semanas para assumir a Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro, o novo ministro Ciro Nogueira não foi bem recebido no cargo para uma parcela importantes dos brasileiros.

Levantamento nacional do Instituto Paraná Pesquisas mostra que 56,7% dos brasileiros consideram que Bolsonaro “errou” ao tirar “um militar” — no caso o general da reserva Luiz Eduardo Ramos — da Casa Civil para colocar no lugar “um político”. A nomeação de Nogueira foi uma decisão acertada para 43,3%.

O Paraná Pesquisas ouviu 2.036 brasileiros nas 27 unidades da federação entre os dias 2 e 6 de agosto. A margem de erro é de 2%.

Apesar de ter sua base política no Piauí, Nogueira colheu forte “rejeição” na região Nordeste. 59,9% dos nordestinos consideram um erro a nomeação do senador. Já 40,1% julgaram que Bolsonaro “acertou” ao trocar Ramos pelo cacique do centrão. A reprovação a Nogueira vista no Nordeste só não bateu os dados registrados no Sul, onde 61,8% dos entrevistados reprovaram a nomeação do senador contra 38,2% que aprovaram.

Continua após a publicidade

Publicidade