Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pagot domesticado

Enquanto os integrantes da CPI mista do Cachoeira especulam as possíveis revelações que o ex-diretor do Dnit Luiz Antônio Pagot fará durante seu depoimento na semana que vem, quem tem conversado bastante com o candidato a homem-bomba é Blairo Maggi. E, a julgar pelo que o próprio Maggi diz, Pagot passará mansinho pela CPI: — […]

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 08h03 - Publicado em 24 ago 2012, 09h22

Sem bala na agulha?

Enquanto os integrantes da CPI mista do Cachoeira especulam as possíveis revelações que o ex-diretor do Dnit Luiz Antônio Pagot fará durante seu depoimento na semana que vem, quem tem conversado bastante com o candidato a homem-bomba é Blairo Maggi. E, a julgar pelo que o próprio Maggi diz, Pagot passará mansinho pela CPI:

— O Pagot vai falar sobre aquilo que ele tem certeza e o que pode provar. Não vai ter muito fato novo.

A expectativa de parte dos integrantes da CPI é de que Pagot fale dos trabalhos realizados por ele para arrumar doadores de campanha para Dilma Rousseff. Pagot pode até tocar no assunto, mas dirá apenas o que já revelou em entrevistas passadas.

Continua após a publicidade
Publicidade