Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O recado de Alcolumbre e Maia a Bolsonaro

Presidente não terá vida fácil, se tentar desmontar o trabalho feito por Luiz Henrique Mandetta na Saúde

Por Robson Bonin Atualizado em 16 abr 2020, 19h44 - Publicado em 16 abr 2020, 19h42

Há pouco, Davi Alcolumbre e Rodrigo Maia assinaram e divulgaram uma nota conjunta para falar da demissão de Luiz Henrique Mandetta da Saúde.

O recado dos chefes do Legislativo, no entanto, vai muito além do descontentamento com a decisão de Jair Bolsonaro de demitir o ministro da Saúde em plena pandemia de coronavírus.

A tabelinha de Maia e Alcolumbre na nota é um recado direto a Bolsonaro, que tenta estimular a divisão entre Câmara e Senado na discussão e votação de matérias importantes na crise.

“O recado de Maia e Alcolumbre é claro. Eles estão unidos e seguirão vigilantes com a chegada do novo ministro na Saúde”, diz um interlocutor dos chefes do Parlamento.

Pelo visto, Bolsonaro não terá vida fácil, se tentar desmontar o trabalho realizado por Mandetta até o momento.

Continua após a publicidade
Publicidade