Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O particular de João Roma e Paulo Guedes

'O seu ministério é da riqueza. O meu, da pobreza. Preciso agir', disse o chefe da área social ao ministro da Economia

Por Robson Bonin Atualizado em 17 out 2021, 10h39 - Publicado em 17 out 2021, 10h33

Paulo Guedes e João Roma tiveram uma dura conversa há quinze dias. Roma apareceu no gabinete de Guedes depois de ouvir críticas do “PG” a uma fala dele sobre questões econômicas numa live com nomes do mercado financeiro.

Roma lembrou a Guedes que a falta de definição da Economia sobre o orçamento social é uma bomba prestes a explodir no colo dele, que é o responsável pela área no governo.

Na visão de Roma, o fim do auxílio emergencial vai castigar milhões de brasileiros. “O seu ministério é da riqueza. O meu, da pobreza. Preciso agir”, disse ele a Guedes.

O ministro da Economia entendeu a preocupação do colega. Não se trata de furar o controle fiscal, mas de adotar alguma solução — qualquer uma mesmo — para evitar que os mais pobres mergulhem ainda mais na crise econômica já grave no país.

Continua após a publicidade

Publicidade