Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O futuro do trem-bala

O juiz Antonio Corrêa, da 9ª Vara Federal em Brasília, marcou para o dia 26 uma audiência pública em que se discutirá o pedido do Ministério Público para suspender o leilão do controvertido trem-bala que ligará o Rio de Janeiro a São Paulo. É mais um fator de risco para atrapalhar o andamento do projeto, […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h16 - Publicado em 15 abr 2011, 07h02

O juiz Antonio Corrêa, da 9ª Vara Federal em Brasília, marcou para o dia 26 uma audiência pública em que se discutirá o pedido do Ministério Público para suspender o leilão do controvertido trem-bala que ligará o Rio de Janeiro a São Paulo. É mais um fator de risco para atrapalhar o andamento do projeto, que teve esta semana sua licitação adiada para julho.

Corrêa quer saber na audiência com representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres e da União, entre outras coisas, se o empreendimento receberá subvenção econômica para sair do papel. O MP argumenta que o governo só deveria injetar verba no negócio depois que todas as linhas interestaduais e internacionais de transporte rodoviário de passageiros estiverem em funcionamento. Após ouvir as partes no encontro é que o juiz vai decidir se suspende o empreendimento.

Publicidade