Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O fim da história de Lulinha na notória Gamecorp

Filho do ex-presidente encerrou de vez participação em empresa investigada

Por Robson Bonin - Atualizado em 31 jul 2020, 18h41 - Publicado em 1 ago 2020, 10h34

Fabio Luiz Lula da Silva, o Lulinha, tirou um peso das costas no dia 13 de julho, quando deixou de vez os registros da Gamecorp, vendida ao empresário Walter Abrahão filho.

As dívidas se foram, mas as investigações da Lava-Jato — pesadas, diga-se — sobre a associação da empresa com a Oi continuam.

Publicidade