Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O borrachudo do Cachoeira

Os dados bancários enviados à CPI mista do Cacheira sobre duas contas do bicheiro Carlinhos Cachoeira no Bradesco e no Banco do Brasil revelam movimentações irrisórias. Na conta do Bradesco, o bicheiro movimentou apenas 158 reais entre 2004 e 2010. Já na conta do Banco do Brasil, Cachoeira movimentou entre 2002 e 2012 cerca de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 08h39 - Publicado em 12 jun 2012, 07h03

Sem saldo?

Os dados bancários enviados à CPI mista do Cacheira sobre duas contas do bicheiro Carlinhos Cachoeira no Bradesco e no Banco do Brasil revelam movimentações irrisórias.

Na conta do Bradesco, o bicheiro movimentou apenas 158 reais entre 2004 e 2010. Já na conta do Banco do Brasil, Cachoeira movimentou entre 2002 e 2012 cerca de 10 200 reais.

A maior operação registrada nesse período bateu na casa de 930 reais. Os dados mostram um suposto “período de dureza” enfrentado pelo bicheiro em 2005, quando Cachoeira teve um cheque de 800 reais devolvido por falta de limite.

Os integrantes da CPI querem saber agora onde estão as outras contas utilizadas pelo bicheiro para movimentar o faturamento dos seus negócios.

Continua após a publicidade
Publicidade