Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Número de votos surpreendeu o governo

Planalto esperava 48 votos a favor da Reforma Trabalhista -- e não 50

A votação da reforma trabalhista surpreendeu o governo. O ministro Antonio Imbassahy, que estava acompanhando a mobilização governista, tinha previsto um máximo de 48 votos. Os dois a mais foram creditados no Planalto à reação dos senadores ao vexame provocado pelas senadoras que ocuparam a mesa da Casa

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Mantendo a tradição, o PT faz cagada e dá um tiro no próprio pé…

    Curtir

  2. Avelino de Freitas Neto

    Sr Edilvo Mota, o PT é uma Organização Criminosa, atrolhada de simpatizantes.

    Curtir

  3. José Santos

    A votação expressiva da reforma no Senado não se deveu à influência de Temer. Sua necessidade e premência eram tão evidentes que os senadores ficaram receosos de não aprová-la. Os que votaram contra, ensandecidos, terão de se explicar nas próximas eleições. Ou antes.

    Curtir