Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Novo líder do governo faz as contas para evitar outra derrota de Bolsonaro

Ricardo Barros está confiante que veto a reajustes será mantido na Câmara

Por Evandro Éboli - Atualizado em 19 ago 2020, 20h59 - Publicado em 19 ago 2020, 21h05

Novo líder do governo na Câmara, o deputado Ricardo Barros (PP-PR) terá novo teste amanhã, na votação do veto  de Jair Bolsonaro a reajustes salariais a algumas categorias até final de 2021.

O Senado aprontou hoje com o governo e derrubou esse veto presidencial. Agora, o assunto será apreciado na Câmara. Com 257 votos, a maioria absoluta, a oposição e outros descontentes com o governo, podem consumar a derrota do Palácio do Planalto.

Não poderia deixar de ser: Barros se diz “confiante”. E já está fazendo suas contas.

“Sou da antiga, com voto bancada por bancada. Um por um. Estou fazendo essa checagem”, disse Barros ao Radar na noite desta quarta.

Continua após a publicidade
Publicidade