Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Não vai se entregar

Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão, acusado de mais de cinquenta estupros cometidos contra pacientes em sua clínica, está foragido desde o dia 6 de janeiro. E planeja ficar nessa condição até que os seus advogados de defesa consigam reverter na Justiça o pedido de habeas corpus, negado duas vezes pelo STF.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h47 - Publicado em 19 fev 2011, 02h40

Desaparecido – Abdelmassih: há mais de um mês driblando a polícia paulista

Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão, acusado de mais de cinquenta estupros cometidos contra pacientes em sua clínica, está foragido desde o dia 6 de janeiro. E planeja ficar nessa condição até que os seus advogados de defesa consigam reverter na Justiça o pedido de habeas corpus, negado duas vezes pelo STF.

Publicidade