Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Na Câmara, pelo menos 25% dos deputados já tiveram Covid-19

Quase metade da bancada PSL foi infectada pelo coronavírus: 23 dos 52 deputados

Por Evandro Éboli Atualizado em 18 jan 2021, 07h23 - Publicado em 18 jan 2021, 06h13

A pandemia do coronavírus atingiu de forma significativa a Câmara dos Deputados, onde parlamentares votaram medidas para tentar amenizar os impactos da crise sanitária, mas nem sempre deram bons exemplos de comportamento preventivo na calamidade.

Levantamento feito pelo Radar constatou que, pelo menos, 126 deputados — 25% do total — já foram contaminados pela Covid-19. Parlamentares de 21 partidos e de todos os estados estão nessa lista.

O PSL, partido que elegeu Jair Bolsonaro e cuja maioria desdenha de medidas sanitárias, lidera a lista de infectados. Dos 52 integrantes de sua bancada, nada menos que 23 pegaram Covid-19.

Legenda com a maior bancada na Câmara, 56 deputados, o PT registrou apenas cinco casos de coronavírus.

Oficialmente, o Departamento Médico da Câmara contabiliza apenas 71 casos, mostram os dados atualizados na última quinta-feira. Mas, nessa soma, é considerada apenas aqueles deputados que comunicaram ao Demed.

Continua após a publicidade

Ao longo de 2020 e ainda no início deste ano, alguns deputados acabaram internados até mesmo em UTI, casos de Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) e Marcos Pereira (Republicanos-SP).

Quem também foi parar numa UTI foi Osmar Terra (MDB-RS), parlamentar bastante crítico a medidas de isolamento social.

Muitos deputados se aglomeraram durante a campanha eleitoral. Assim foi com Marx Beltrão (PSD-AL), que se contaminou duas vezes, e Aluísio Mendes (PSC-MA), que foi parar em cima de palanques.

A Covid-19 não poupou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), nem o líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR), um ex-ministro da Saúde.

A contaminação também atingiu em cheio partidos como o Republicanos (11 dos 36), o PDT (9 dos 28) e PSDB (9 dos 33).

Continua após a publicidade
Publicidade