Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Mudança de nome oficial do Maracanã não vai acontecer

Autor do projeto que muda o nome oficial do estádio de Mário Filho para Rei Pelé, voltou atrás

Por Mariana Muniz Atualizado em 6 abr 2021, 08h24 - Publicado em 6 abr 2021, 08h25

Depois de muita polêmica, o deputado André Ceciliano (PT), presidente da Assembleia Legislativa do Rio e autor do projeto que muda o nome oficial do Maracanã de Mário Filho para Rei Pelé, voltou atrás.

Nesta terça-feira, último dia do prazo para o governador em exercício, Cláudio Castro, vetar ou sancionar a proposta, o deputado vai reunir o colégio de líderes e sugerir que eles recomendem o veto ao governador.

“Foi um desgaste desnecessário”, reconhece Ceciliano, cuja intenção era fazer uma homenagem em vida a Edson Arantes do Nascimento.

A mudança de nome do Maracanã de Mário Filho para Rei Pelé foi alvo de inúmeras críticas por parte de historiadores e especialistas do mundo do esporte.

“Era uma discussão válida, mas foi extemporânea e reconheço isso. Em tempos de pandemia, a sociedade, com razão, espera que a gente mantenha o foco no que é realmente importante: salvar vidas e ajudar a economia a se reerguer”, afirma o presidente da Alerj.

Continua após a publicidade
Publicidade