Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

MP aciona ex-secretário do governo Ibaneis por ‘ilícitos’ na Saúde do DF

Ação por improbidade Administrativa mira Francisco Araújo Filho e outros dois ex-dirigentes de entidade que administra hospitais em Brasília

Por Robson Bonin Atualizado em 12 out 2021, 10h29 - Publicado em 12 out 2021, 11h22

O MPDFT protocolou recentemente na Justiça do Distrito Federal uma ação de improbidade administrativa ajuizada contra três ex-dirigentes do Instituto de Gestão Estratégica, um órgão privado sem fins lucrativos responsável por administrar unidades de Saúde na Capital Federal.

O ex-secretário de Saúde da gestão de Ibaneis Rocha Francisco Araújo Filho, além de Sérgio Luiz da Costa e Paulo Ricardo Silva são acusados de praticar atos ilícitos e antieconômicos na presidência da instituição, o que teria contribuído para o endividamento atual de cerca de 227 milhões de reais.

Entre as irregularidades relatadas pelo Ministério Público à Justiça, estão a alteração de documento elaborado pela área técnica da Secretaria de Saúde; contratação de pessoal sem critérios objetivos e acima do limite de gastos permitido em contrato; compras injustificadas ou com sobrepreço; falta de pagamento a fornecedores e prestadores de serviços essenciais, com prejuízo para os pacientes; e falta de transparência ativa e de prestação de contas aos órgãos de controle.  

Publicidade