Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Militares de bolsos cheios

Uma pesquisa que acaba de ser concluída na UFRJ mostra que as Forças Armadas respondem pela terceira maior fatia do orçamento brasileiro. Com gastos estimados este ano em 50 bilhões de reais, as armas que ficam sob o guarda-chuva do Ministério da Defesa só receberão menos verba que as pastas da Saúde e da Previdência […]

Por Da Redação - Atualizado em 31 jul 2020, 16h17 - Publicado em 4 dez 2009, 17h45

Uma pesquisa que acaba de ser concluída na UFRJ mostra que as Forças Armadas respondem pela terceira maior fatia do orçamento brasileiro. Com gastos estimados este ano em 50 bilhões de reais, as armas que ficam sob o guarda-chuva do Ministério da Defesa só receberão menos verba que as pastas da Saúde e da Previdência Social.

Há no entanto, um bom motivo para as initerruptas reclamações de sucateamento das Forças: 80% (40 bi) do montante destinado a elas é para saldar a folha de pagamento, sendo que desse total, 63% (25,2 bi) servem para pagar os 330 000 inativos e pensionistas.

Publicidade