Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Covid-19 ainda é o que mais mete medo no brasileiro, diz pesquisa

Desemprego e perda do poder de compra também estão entre principais angústias citadas por entrevistados

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 6 jul 2021, 13h43 - Publicado em 6 jul 2021, 13h40

A pesquisa Ipsos encomendada pelo DEM mostra que o medo de contrair Covid-19 ainda é o principal entre os brasileiros: 60% da população diz temer a contaminação pelo vírus.

Entre idosos, mesmo com a vacinação, o índice é ainda maior: 71% dizem ter receio de desenvolver a doença.

Em relação à Covid, as principais preocupações são os medos de morrer, de levar o vírus para dentro de casa, de perder familiares e de adoecer e não ter atendimento de saúde.

Sobre o sentimento a respeito do país, 55% dos entrevistados dizem ter ‘medo e preocupação’ quanto ao futuro, contra 41% que afirmam sentir ‘confiança e esperança’.

Entre as angústias pessoais, lideram o desemprego e o medo de perder o trabalho, seguido do receio de fechamento de negócios e a dificuldade de garantir a renda, com alta de preços e perda do poder de compra.

Continua após a publicidade
Publicidade