Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Marta em dia de Mick Jagger

Quem viveu seu dia de Mick Jagger nesta segunda-feira foi a senadora Marta Suplicy. Depois de participar da corrida e caminhada XIX Troféu Cidade de São Paulo, a corinthiana, que estava toda uniformizada, deve ter esquecido de colocar a meia antes de assistir à final da Copinha e viu seu time perder mesmo após iniciar a […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h39 - Publicado em 25 jan 2016, 18h50

marta-corint

Quem viveu seu dia de Mick Jagger nesta segunda-feira foi a senadora Marta Suplicy.

Depois de participar da corrida e caminhada XIX Troféu Cidade de São Paulo, a corinthiana, que estava toda uniformizada, deve ter esquecido de colocar a meia antes de assistir à final da Copinha e viu seu time perder mesmo após iniciar a partida ganhando de 2 x 0.

O cantor britânico, líder da banda Rolling Stones, virou sinônimo de pé frio desde a Copa de 2010, quando esteve na torcida de várias seleções eliminadas. O estigma se manteve em 2014.

Mas Marta não se vexou. Mandou para seus contatos no WhatsApp um video em que aparece na arquibancada e com as seguintes legendas: “Enquanto ela esteve lá foi assim: melhorou e cresceu”, com imagens dos dois golos do Corinthians e uma mensagem subliminar que faz menção a seu período na prefeitura.

Depois, vem a imagem da comemoração do Flamengo e os dizeres: “Mas depois, sem ela lá”…

E a conclusão da senadora, que disputará novamente a prefeitura neste ano: “Para melhorar e crescer precisamos ter ela lá”.

 

Continua após a publicidade
Publicidade