Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula tenta escapar de Felix Fischer, o relator da Lava-Jato no STJ

Petista quer que os seus processos sejam redistribuídos entre os ministros da 5ª Turma e da 6ª Turma,

Por Robson Bonin - Atualizado em 11 set 2019, 10h42 - Publicado em 10 set 2019, 13h58

Laryssa Borges, repórter de Veja

O ex-presidente Lula, preso em Curitiba desde 7 de abril de 2018, quer aproveitar os problemas de saúde de Felix Fischer para tentar tirar seus processos das mãos do relator da Lava-Jato no Superior Tribunal de Justiça.

O petista argumenta que, depois de 30 dias de ausência do ministro, o tribunal teria que redistribuir os processos de Fischer entre os ministros da 5ª Turma e da 6ª Turma, que julgam ações penais no tribunal.

O pedido de Lula já foi até encaminhado ao presidente da Corte, João Otávio de Noronha. Se a coisa vingar, estará aberta a porteira para que outros réus da Lava-Jato escapem de Fischer, relator considerado “linha dura” com investigados por corrupção.

Continua após a publicidade

Como o Radar revelou na semana passada, Noronha já escolheu o novo relator da Lava-Jato que irá substituir Fischer no seu período de afastamento (leia mais em O novo relator da Lava-Jato).

Publicidade