Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Lula culpa Bolsonaro por volta do ‘fantasma da fome’ aos lares brasileiros

‘Bolsonaro disparou um tiro de misericórdia nos pobres ao reduzir auxílio emergencial’, diz o petista

Por Robson Bonin - Atualizado em 16 out 2020, 12h49 - Publicado em 16 out 2020, 12h48

O PT divulgou nesta sexta um vídeo de quase 15 minutos em que Lula bate pesado em Jair Bolsonaro pela “volta do fantasma da fome aos lares brasileiros”.

No vídeo, Lula fala do Dia Mundial da Alimentação, mas aproveita para bater nos pontos fracos do governo, como o aumento dos preços dos alimentos, o aumento da massa de desempregados e a redução do auxílio emergencial de 600 reais para 300 reais.

Como todo político na oposição, Lula conclamou a audiência a pressionar a Câmara para manter o auxílio em 600 reais, sem explicar como adotar tal decisão sem explodir as finanças públicas tão castigadas nos governos de Dilma Rousseff.

“Bolsonaro disparou tiro de misericórdia nos pobres ao reduzir auxílio emergencial”, diz o petista.

Ao culpar Bolsonaro pela volta da fome no Brasil, Lula lembrou que “um dos primeiros atos do atual presidente foi fechar, no dia da sua posse, o Conselho Nacional de Segurança Alimentar”.

“O resultado não poderia ser outro. A fome voltou a crescer no país”, diz Lula.

O ex-presidente petista também afirma que os brasileiros devem pressionar o Congresso a manter o auxílio emergencial no ano que vem, como forma de evitar o agravamento da situação social no país. “O povo, que já derrubou uma ditadura de generais, não treme diante de capitães autoritários”, diz.

PT/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Publicidade