Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Levanta o braço

Vicentinho anda repetindo por aí que seu correligionário André Vargas deve largar o mandato e desaparecer da Câmara. Agora é mole. No dia em que tomou posse como líder do PT, Vicentinho posava todo contente com Vargas. Não só isso. Ao se sentar à mesa onde estavam o colega, Benedita da Silva e José Guimarães, […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 04h01 - Publicado em 21 abr 2014, 08h01
Amigo de André Vargas

Vargas, José Guimarães, Vicentinho e Benedita

Vicentinho anda repetindo por aí que seu correligionário André Vargas deve largar o mandato e desaparecer da Câmara. Agora é mole. No dia em que tomou posse como líder do PT, Vicentinho posava todo contente com Vargas. Não só isso.

Ao se sentar à mesa onde estavam o colega, Benedita da Silva e José Guimarães, todo risonho, Vicentinho fez questão de esticar o braço com o punho cerrado, repetindo o gesto de José Dirceu e José Genoino, antes de serem presos, e pelo próprio Vargas, estupidamente, no clássico episódio com Joaquim Barbosa, na Câmara.

Publicidade