Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Katia Abreu brinca com eventual expulsão do PMDB

A senadora quer sair por cima

Por Pedro Carvalho 14 ago 2017, 08h31

A senadora Katia Abreu está tranquila quanto a possibilidade de ser expulsa do PMDB. Ela tem brincado dizendo que se o partido a expulsar eles perderão uma governadora e um governador, já que ela lidera as intenções de voto no Tocantins com 27% em um cenário sem o atual governador Marcelo Miranda (PMDB).

Em um cenário espontâneo, o colombiano Carlos Amastha (PSB), prefeito de Palmas, lidera o cenário, com Miranda e Abreu em seguida, com 6% e 5% respectivamente.

Fato é que a ex-ministra está confiante com a possibilidade de concorrer ao governo de Tocantins. Sendo expulsa do PMDB sairia por cima. É o que acredita. Ela ainda está avaliando para qual partido migrará.

 

Continua após a publicidade
Publicidade