Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Justiça libera parte da herança de Marisa Letícia a herdeiros

Filhos da primeira-dama com Lula poderão vender automóveis e sacar valores em quatro bancos

Por Robson Bonin, Mariana Muniz - Atualizado em 30 Jun 2020, 12h35 - Publicado em 30 Jun 2020, 12h04

A Justiça de São Paulo homologou nesta terça a partilha de parte dos bens da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, que morreu em 2017 vítima de um AVC, entre os filhos que tem com Lula.

O patrimônio de dona Marisa e de Lula apresentado pela defesa à Justiça após a morte dela para divisão entre os herdeiros é de 11,7 milhões de reais, mas a quantia sofreu bloqueios a partir de investigações da Lava-Jato.

Pela decisão desta terça, os herdeiros estão autorizados a vender dois veículos, uma Ford Ranger (2013/2013) avaliada em 104.000 reais e um Ômega CD (2010/2011) no valor de 57.000 reais.

Com relação às cotas da empresa L.I.L.S, a Justiça determina a expedição de alvará para a transferência de 50% das 98.000 cotas em favor dos herdeiros de dona Marisa.

Continua após a publicidade

Há ainda autorização para que os filhos do casal saquem suas partes dos valores depositados nos Bancos Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Banco do Brasil.

Segundo a defesa de Lula, a decisão libera efetivamente para saque dos quatro filhos do casal, o valor total de 1.458.535,09 reais, valor que inclui os carros, cinco imóveis e a poupança de Dona Marisa, que soma 116.526,78 reais.

Dona Marisa e Lula têm quatro filhos na relação: Marcos Cláudio Lula da Silva, Fábio Luís Lula da Silva, Luís Cláudio e Sandro Luís.

Publicidade