Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Jucá sobre a manobra: coisa dos três patetas

A manobra fracassada de anular a votação do impeachment na Câmara teve o condão de desgastar ainda mais o governo no Senado. A tropa de choque do impeachment passou a considerar mais provável obter já na quarta-feira os 54 votos que seriam necessários para aprovar o impedimento definitivo de Dilma Rousseff. Ontem, quem perguntava a opinião de […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h47 - Publicado em 10 Maio 2016, 08h02
Jucá: ironizando a manobra

Jucá: ironizando a manobra

A manobra fracassada de anular a votação do impeachment na Câmara teve o condão de desgastar ainda mais o governo no Senado.

A tropa de choque do impeachment passou a considerar mais provável obter já na quarta-feira os 54 votos que seriam necessários para aprovar o impedimento definitivo de Dilma Rousseff.

Ontem, quem perguntava a opinião de Romero Jucá (PMDB-RR) sobre a decisão de Waldir Maranhão que tentou anular a votação que nada daquilo havia sido feito pelo deputado de forma isolada, mas sim pelos três patetas: além de Maranhão, o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, e o governador Flávio Dino (PC do B).

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade