Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

ICMBio se prepara para meses de agonia com corte orçamentário

Vital para a preservação de parques e reservas, o órgão deve perder cerca de 120 milhões de reais em 2021

Por Robson Bonin Atualizado em 31 ago 2020, 11h03 - Publicado em 31 ago 2020, 09h27

Enquanto o dinheiro para obras de infraestrutura na pasta de Tarcísio de Freitas e para habitação, no ministério de Rogério Marinho, promete jorrar forte nos próximos períodos, a turma que carrega o piano em outros setores vitais do governo anda preocupada.

Veja o caso do ICMBio, importante órgão de preservação de parques e reservas do naturais. O corte orçamentário previsto pelo governo para 2021 chega a 120 milhões de reais. Fiscalizar qualquer coisa a partir desse cenário é praticamente impossível.

ASSINE VEJA

A esperança dos novatos na bolsa Leia nesta edição: a multidão de calouros no mercado de ações, a ‘lista negra’ de Bolsonaro e as fraudes na pandemia
Clique e Assine
Publicidade