Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ibama aluga quatro helicópteros para reforçar ações contra incêndios

O contrato das quatro aeronaves vai custar 63 milhões de reais

Por Hugo Marques - Atualizado em 5 ago 2020, 10h48 - Publicado em 5 ago 2020, 09h40

O Ibama vai alugar quatro helicópteros para “missões de caráter repressivo, apoio à fiscalização ambiental, emergências e desastres ambientais, prevenção e combate direto a incêndios florestais e transporte de equipamentos, materiais e pessoal”.

O aluguel dos quatro helicópteros monoturbina custará aos cofres públicos 63 milhões de reais. O contrato vai incluir 60 horas de voo por aeronave ao mês, totalizando 2.880 horas em um período de um ano para os quatro aparelhos. A data da licitação é o próximo dia 17.

ASSINE VEJA

Os 10 fazendeiros que mais desmatam a Amazônia Leia em VEJA: Levantamento exclusivo revela os campeões da destruição. Mais: as mudanças do cotidiano na vida pós-pandemia
Clique e Assine

O edital diz que os helicópteros serão utilizados na Floresta Amazônica, na Mata Atlântica, Cerrado, Caatinga e Pantanal.

Os levantamentos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais mostram que o número de queimadas disparou no Brasil em julho. No Pantanal, os focos de incêndio triplicaram.

Continua após a publicidade
Publicidade