Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo repatria mais 134 brasileiros vindos da África na pandemia

Pouso ocorreu no aeroporto Viracopos, em Campinas, na madrugada dessa quarta, em voo fretado pelo governo

Por Robson Bonin Atualizado em 23 jul 2020, 11h59 - Publicado em 23 jul 2020, 10h29

Com apoio de diferentes embaixadas e contando com a ajuda do Ministério da Defesa e do Ministério do Turismo, quase 40.000 brasileiros já foram repatriados pelo governo nessa pandemia. O último voo bancado pelo governo veio da África nesta semana com um grupo grande de brasileiros.

Vindos de aeroportos de Burkina Faso, Nigéria, Senegal e Guiné Bissau e somando-se aos brasileiros que já estavam em Gana, o voo fretado pelo governo partiu da capital de Gana, Acra, com 134 brasileiros. O desembarque foi realizado no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, com familiares aguardando boa parte dos passageiros, mesmo às 2h da manhã.

“Este voo é mais uma prova de que ninguém ficará para trás, como determinou nosso presidente da República. A Embratur participa com grande satisfação desta operação, pois sabemos da importância enorme desta ajuda para as famílias neste momento de pandemia”, diz o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto.

O áudio de um vídeo feito pelo presidente Jair Bolsonaro no mesmo dia do voo foi apresentado aos passageiros pelo piloto do voo da Azul. Na mensagem, o presidente afirma: ”vocês que acabaram de retornar ao Brasil vindos de Gana e outros países da África: digo que vocês são muito bem-vindos e que esta é a terra de vocês e de todos nós”.

Continua após a publicidade
Publicidade