Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo pode inserir PMs na Previdência dos militares das Forças Armadas

Rogério Marinho tem conversado com governadores, quem paga a conta dos policiais

O governo federal avança na possibilidade de inserir os policiais militares na Previdência das Forças Armadas.

O secretário Rogério Marinho tem conversado com os governadores, quem pagam a conta dos policiais, para achar uma fórmula.

Mas vão exigir contrapartida da categoria, que, dos militares, querem apenas a integralidade e paridade, que asseguram os salários da ativa quando forem para a reserva.

O tempo de serviço dos PMs sairiam dos 30 para os 35 anos, como dos milicos, e as alíquotas de contribuição passariam para 9,5% em 2020 e 2021, e para 12% a partir de 2022.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s