Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governo faz mais uma mega compra coletiva para 412 repartições no país

Medida deve gerar economia de 18 milhões de reais apenas com redução de processos de licitação.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 22 out 2020, 10h14 - Publicado em 22 out 2020, 11h12

O Ministério da Economia publica hoje o edital para a contratação de serviços de telefonia para 412 unidades de compras do governo federal em todo o Brasil. A medida deve gerar uma economia de R$ 18 milhões somente com a redução do número de licitações. Além disso, espera-se uma economia adicional a ser obtida na licitação com a redução dos preços unitários a partir da compra em escala. Entre os serviços que serão contratados estão os de telefonia fixa, móvel (incluindo dados) e de longa distância nacional e internacional. A licitação está prevista para o dia 6 de novembro.

“Ao centralizar o processo licitatório, o governo deixará de realizar 411 pregões eletrônicos. Desta forma, facilitamos o procedimento para os servidores e gestores da área de compras, que poderão fazer a contratação pela Ata de Registro de Preços, e, ainda, economizamos recursos que poderão ser utilizados para o atendimento da população”, afirma o secretário de gestão do ministério, Cristiano Heckert. O valor de partida da licitação é de 235.590.046,81.

Publicidade