Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governador do Rio afasta por 15 dias secretário de Educação

Cláudio Castro não exonera Pedro Fernandes e substituta assume comando da pasta

Por Mariana Muniz - Atualizado em 16 set 2020, 08h54 - Publicado em 16 set 2020, 08h34

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, afastou por 15 dias o secretário de Educação do estado, Pedro Fernandes – preso na semana passada após ser alvo da Operação Catarata, do Ministério Público.

O afastamento, publicado no Diário Oficial do estado, surpreendeu aliados do governador, que esperavam a exoneração de Fernandes do cargo. No lugar dele, assume o comando da pasta sua substituta, Claudia Lasry Martins.

Desde a última sexta-feira, quando o secretário de Educação foi alvo da operação, especulava-se a nomeação de Comte Bittencourt para a função. Nesta terça-feira, o Tribunal de Justiça do Rio reconheceu o foro privilegiado de Fernandes junto ao Órgão Especial – fontes afirmam que o afastamento não prejudica essa condição.

Publicidade