Clique e assine com 88% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Governador do Pará espera que Mourão abra debate no Conselho da Amazônia

'Estamos à disposição para o diálogo e construção do desenvolvimento econômico com a floresta em pé', diz Helder Barbalho

Por Robson Bonin - Atualizado em 14 fev 2020, 16h20 - Publicado em 14 fev 2020, 15h20

Governador do Pará, Helder Barbalho espera que o vice-presidente, Hamilton Mourão, abra o novo Conselho da Amazônia ao debate com os governadores da região. Para ele, o governo de Jair Bolsonaro até tem legitimidade para tocar o tema sozinho, mas o vice perderia uma grande oportunidade se fosse por esse caminho.

“O conselho restrito ao âmbito do governo federal é legítimo, um direito do governo. No entanto, ao se fechar, perde a oportunidade de ouvir a sociedade, os estados e liderar um processo que seria muito mais rico se fosse participativo. De nossa parte, estamos à disposição para o diálogo e construção do desenvolvimento econômico com a floresta em pé”, diz Helder.

Publicidade