Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

‘Golpe mesmo está sendo arranjado na Casa Civil’, ironiza militar

Discussão sobre militares ofuscou o assunto verdadeiramente complicado para Bolsonaro explicar: a entrega do governo ao centrão

Por Robson Bonin Atualizado em 22 jul 2021, 13h59 - Publicado em 22 jul 2021, 14h01

Não é de hoje que a ala distante da politicagem na caserna rejeita os flertes golpistas dos seguidores de Jair Bolsonaro. Toda vez que o noticiário evolui para esse tipo de discussão, o enfado é o mesmo.

Militares ouvidos pelo Radar lembram que as gerações que estão nos quarteis nasceram na democracia e não topam esse tipo de conversa. Todo mundo que está na ativa gosta tanto da liberdade quanto qualquer cidadão brasileiro indignado com o noticiário desta quinta.

Deixar para Bolsonaro e sua turma decidirem a vida dos outros num país do tamanho do Brasil não é, portanto, uma questão. Tendo ocorrido ou não o recado ameaçador de Braga Netto a Arthur Lira publicado pelo Estadão, um importante militar ironiza a polêmica do dia.

“Golpe militar? Golpe mesmo está sendo arranjado na Casa Civil, com o centrão dominando agora todos os filtros de cargos em ministérios e estatais, a liberação de verbas… Imagine os negócios que farão para garantir a eleição do próximo ano. O Ciro tá chegando”, diz ao Radar um interlocutor do comando do Exército.

Continua após a publicidade
Publicidade