Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Futuro presidente do TSE, Moraes detona o voto impresso

'Não me parece que o voto impresso possa vir a contribuir para a democracia', diz o ministro que comandará a Justiça Eleitoral nas eleições de 2022

Por Robson Bonin 25 jun 2021, 09h06

Futuro presidente do TSE, o ministro Alexandre Moraes deu sua opinião sobre voto impresso bolsonarista ao podcast do STF que vai ao ar nos próximos dias:

Segundo o ministro, a proposta defendida por Jair Bolsonaro não vai servir para melhorar a democracia. Pode, claro, piorar as coisas ao ameaçar o sigilo do voto.

“Não me parece que o voto impresso possa vir a contribuir para a democracia, porque nós corremos um grande risco de quebrar o sigilo na votação. Se você me perguntar, ‘é necessário, hoje, para aprimorar a democracia, o voto impresso?’. Digo: não é!”.

O terceiro episódio do podcast Supremo na Semana, produzido pela Corte, vai ao ar no sábado. Moraes também fala de legislação penal e legislação sobre fake news, outros temas que mexem com o fetiche bolsonarista.

Continua após a publicidade

Publicidade