Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Federação Pernambucana adotará passaporte de imunidade em estádios

Entidade usará app para checar testes de Covid-19 e vacina dos torcedores

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 23 jul 2021, 17h42 - Publicado em 23 jul 2021, 17h30

A Federação Pernambucana de Futebol está se preparando para a retomada dos jogos com público nos estádios.

A entidade pretende exigir dos torcedores o chamado “passaporte de imunidade”, que nada mais é que uma comprovação de que as pessoas que irão assistir às partidas ou estão imunizadas com a dose completa da vacina anti Covid-19 ou deram negativo em exame PCR feito nas últimas 48 horas.

Para isso, a federação firmou parceria com a empresa franco-brasileira de tecnologia Moohtech, que possui um aplicativo que faz as vezes deste passaporte.

Chamada de Chronos i-Passaport, a solução é um aplicativo de celular em que os profissionais de saúde e laboratórios cadastram a carteira de vacinação da pessoa ou o resultado de exames recentes. O app gera um código QR com a validação dessas informações.

A federação terá catracas e leitores manuais na entrada do estádio para checar se as pessoas que assistirão à partida preenchem os requisitos de imunidade. Com isso, a entidade espera poder reduzir um pouco as medidas de distanciamento sem prejudicar a segurança dos presentes.

A ideia é que o passaporte de imunidade seja adotado não só para torcedores, mas para staff, jogadores, comissão técnica, autoridades, serviços essenciais e imprensa. A expectativa é que em breve outras federações passem a adotar tecnologias semelhantes.

Continua após a publicidade
Publicidade