Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Falta de tornozeleira pode atrasar saída de Pezão da cadeia

Até que o aparelho esteja disponível no estado, o que pode levar até 48 horas, ex-governador deve seguir preso

Por Robson Bonin - Atualizado em 10 dez 2019, 18h31 - Publicado em 10 dez 2019, 18h30

O ex-governador Luiz Fernando Pezão deve deixar a cadeia após o Superior Tribunal de Justiça substituir a prisão em regime fechado por medidas cautelares como o uso de tornozeleira eletrônica.

A primeira noite fora da prisão, no entanto, pode demorar para ocorrer. É que ainda não encontraram tornozeleira eletrônica disponível para viabilizar a saída de pezão.

Até que o aparelho esteja disponível no estado, o que pode levar até 48 horas, ele deve seguir preso.

Publicidade