Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Esquecido, Olavo volta a disparar palavrões contra Bolsonaro

'Subir na vida e, uma vez lá em cima, livrar-se dos que o ajudaram na escalada', lamenta o astrólogo nas redes

Por Robson Bonin - Atualizado em 22 set 2020, 09h50 - Publicado em 22 set 2020, 09h03

Olavo de Carvalho anda amargurado no seu divertimento diário no Facebook. Nas últimas horas disparou contra Jair Bolsonaro, a quem chamou de ingrato, contra Damares Alves, que relacionou a termos escatológicos, e, claro, os militares do Planalto.

Subir na vida e, uma vez lá em cima, livrar-se dos que o ajudaram na escalada. O Bolsonaro aprendeu isso com Maquiavel e vai terminar como Maquiavel terminou: vivendo da caridade de seus inimigos”, escreveu Olavo. “Se há uns tipinhos que Deus odeia, são os ingratos. E não pensem que o diabo os ama”, seguiu.

“Bem que, em tempo, adverti a meus alunos e amigos que jamais deveriam aceitar cargos públicos. Agora talvez entendam que não era figura de linguagem…”, disse Olavo.

O astrólogo está amargo com a decisão de Damares Alves de exonerar a secretária de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Sandra Terena. Ela é mulher do blogueiro Oswaldo Eustáquio, que chegou a ser preso por ordem do STF durante a investigação sobre o financiamento de atos antidemocráticos. Eustáquio, segundo a PF, teria usado o nome de Damares para fazer negócios.

ASSINE VEJA

A vez das escolas Leia esta semana em VEJA: os desafios da retomada das aulas nas escolas brasileiras. E mais: Queiroz vai assumir toda a responsabilidade por ‘rachadinha’
Clique e Assine

“Bolsonaro, Damares, mais todos os ministros e generais, somados, não têm cultura histórico-política suficiente para saber lidar com comunistas. Tomam no xx e se revoltam contra quem quer ajudá-los a escapar disso”, escreve Olavo.

“Quanto mais o Bolsonaro tenta se fazer de bonzinho ante a esquerda nacional e internacional, mais ela o difama e achincalha. Acho que ele não tem cultura histórico-política suficiente — como também não a têm seus lindos generais — para entender que acomodação com comunistas é SUICÍDIO”, registra Olavo.

 

Continua após a publicidade
Publicidade