Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em carta a Biden, governadores propõem parceria ambiental com EUA

Sem mencionar Bolsonaro, representantes de 24 estados pedem cooperação direta com Washignton

Por Mariana Muniz 20 abr 2021, 16h33

Um grupo de 24 governadores intitulado “Governadores pelo Clima” enviou uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em que firmam um compromisso com a preservação do meio ambiente e propõem um trabalho conjunto entre americanos e brasileiros na seara ambiental.

A coalizão reúne governadores de oposição, como Flávio Dino, do Maranhão, e João Doria, de São Paulo, mas também aliados de Jair Bolsonaro, como o governador do Rio, Claudio Castro, e o governador do Acre, Gladson Cameli.

Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, internacionalmente criticado por sua postura em matéria de política ambiental, os representantes dos estados propõem uma parceria técnica para proteger “biomas nativos, a restauração de áreas degradadas, a inclusão de comunidades locais com capacitação planejada e geração de muitos empregos e a incorporação de empresas, em diversas cadeias econômicas de baixas emissões, integrando as economias do Brasil e dos EUA”.

“Os Governadores do Brasil abaixo subscritos, representantes de estados que compreendem mais de 90% do território nacional, manifestam interesse no desenvolvimento de parcerias e de estratégias de financiamento, visando impulsionar o equilíbrio climático, a redução de desigualdades, a regeneração ambiental, o desenvolvimento de cadeias econômicas verdes e o estímulo à adoção de tecnologias para reduzir as emissões de atividades econômicas tradicionais nas Américas, além do esforço conjunto na construção de uma sociedade mais saudável e resiliente a pandemias”, afirma o documento. 

A carta foi entregue ao embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman.

 

Continua após a publicidade

Publicidade