Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Eliseu Padilha vai definir futuro da Embratur

Órgão quer mudança de status para fomentar turismo internacional

Por Ernesto Neves Atualizado em 29 mar 2017, 13h00 - Publicado em 29 mar 2017, 12h55

Está na mesa de Eliseu Padilha a Medida Provisória que transforma a Embratur em agência.

O órgão pleiteia a mudança com o objetivo de transformar-se em uma agência de fomento internacional do turismo. A meta é passar dos atuais 6 milhões de visitantes estrangeiros para 22 milhões em 2022. 

O único problema é definir de onde vem o dinheiro. Apesar da Embratur dar como certo o financiamento de R$ 400 milhões do Sebrae, Afif Domingues, presidente da entidade, rejeita a idéia.

Sobrou para Padilha a dura tarefa de arbitrar a questão.

Continua após a publicidade

Publicidade