Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Doria vai lançar força-tarefa contra venda ilegal de madeira em SP

Ação terá apoio do Procon e da Polícia Ambiental e visa coibir transporte e comercialização do material que vem principalmente da Amazônia

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 10 ago 2021, 15h00 - Publicado em 10 ago 2021, 17h30

O governo de São Paulo vai intensificar a fiscalização sobre o transporte, a compra e a venda de madeira nativa ilegal no território paulista, especialmente aquela proveniente da floresta amazônica.

O anúncio de uma ação envolvendo o Procon, a Polícia Ambiental e a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente deve ocorrer nesta semana.

O objetivo da força-tarefa, segundo o governo, é de que as autuações ocorram por todas as perspectivas: criminal, regulatória e também defesa do consumidor.

Grande parte dos produtos florestais nativos consumidos pelo estado de São Paulo é oriundo do Amazonas.

Muitas vezes, espécies proibidas de serem comercializadas são vendidas com nomes diferentes do verdadeiro e, ao adquirir este tipo de madeira, o comerciante está contribuindo indiretamente com a exploração ilegal das espécies.

Continua após a publicidade

Publicidade