Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Discriminou ou não discriminou?

Se os integrantes do Conar não viram qualquer traço de discriminação na campanha do Bombril (leia aqui a nota postada hoje às 8h32), o mesmo não aconteceu no julgamento de uma reclamação no mesmo sentido contra a TIM. O Conar recomendou ontem alterações na campanha feita nas redes sociais Bloqueia Véio, lançada pela TIM em […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 12h04 - Publicado em 6 Maio 2011, 13h33

Se os integrantes do Conar não viram qualquer traço de discriminação na campanha do Bombril (leia aqui a nota postada hoje às 8h32), o mesmo não aconteceu no julgamento de uma reclamação no mesmo sentido contra a TIM. O Conar recomendou ontem alterações na campanha feita nas redes sociais Bloqueia Véio, lançada pela TIM em outubro, justamente por conter traços discriminatórios em relação aos idosos.

A ideia da campanha, direcionada aos jovens, era que as pessoas criassem coletivamente um aplicativo no Orkut e no Facebook. Para poder participar da brincadeira, a TIM convidava os jovens para fazer um teste de audição. Nele, o usuário teria que provar ser jovem. Se não passasse no tal teste, era tachado de “velho”.  Tentaram bloquear o “véio”. Agora, o bloquearam a campanha.

Publicidade