Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputado quer empresas de aplicativo cuidando de entregador na crise

Projeto prevê ajuda financeira e medidas de segurança para evitar que trabalhadores sejam expostos ao vírus

Por Manoel Schlindwein 20 abr 2020, 15h30

As empresas de delivery devem oferecer aulas sobre noções de higiene e prevenção da infecção pelo coronavírus, além de espaço seguro para a retirada das mercadorias e disponibilização de água potável e de álcool-gel

É o que prevê o projeto de lei apresentado pelo deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE), com uma série de medidas a serem adotadas por plataformas digitais a fim evitar o contágio pelo coronavírus.

O texto prevê ainda que as empresas prestem assistência financeira aos trabalhadores que integram grupos de alto risco durante a pandemia, como maiores de 60 anos, portadores de doenças crônicas, gestantes, entre outros.

Publicidade