Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Deputada petista classifica apoio da bancada a Baleia como ‘muito triste’

Natália Bonavides (PT-RN) diz que apoio ao emedebista fortalece setor que articulou o golpe e é 'cúmplice da eleição de Bolsonaro'

Por Evandro Éboli Atualizado em 4 jan 2021, 19h33 - Publicado em 4 jan 2021, 19h02

A bancada do PT rachou na decisão em apoio à candidatura de Baleia Rossi para presidência da Câmara.

O partido tem 52 deputados e a diferença foi de apenas 4 votos a favor do emedebista.

Uma deputada do partido, Natália Bonavides (RN), expressou publicamente, nas redes sociais, sua insatisfação e indignação com o resultado.

“Por uma maioria de 4 votos na bancada do PT, foi aprovado o apoio a Baleia Rossi nas eleições da Câmara. Considero uma decisão muito ruim! Ela fortalece um setor da direita que foi articuladora do golpe e é cúmplice da eleição de Bolsonaro. Precisamos de outra linha política!”, postou Bonavides, que integra a ala da Articulação de Esquerda dentro do partido.

Outro integrante dessa ala voto vencido na discussão foi o deputado Rogério Correia (PT-MG). Ele defendeu que o partido lançasse candidato próprio.

“Defendi lançar candidato do PT e unir em eventual segundo turno contra o candidato oficial do capitão cloroquina”, disse Correia ao Radar.

“A eleição em dois turnos, como é o caso da escolha da presidência da Câmara, permite essa posição, até por abrir espaço, num segundo turno, para eventuais apoios contra candidaturas que representem o apoio explícito ao presidente Bolsonaro. Isso inclusive se daria com melhores condições para as forças populares, caso optássemos pela candidatura própria de esquerda”, completou o parlamentar mineiro.

 

Continua após a publicidade

Publicidade