Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Demóstenes esbarra em falta de espaço e Jovair Arantes

Pedras no caminho

Por Pedro Carvalho 19 abr 2018, 06h40

É verdade que o STF liberou a candidatura de Demóstenes Torres (PTB-GO) nas próximas eleições. Ele foi cassado pelo Senado em julho de 2012 por quebra de decoro parlamentar, sob acusação de envolvimento com Carlinhos Cachoeira, que foi denunciado por exploração de jogos ilegais e corrupção.

Isso não significa, entretanto, que ele será mesmo candidato.

Torres pode esbarrar na falta de espaço. A base que está namorando já tem Marconi Perillo e Lúcia Vânia como candidatos naturais ao Senado.

Por isso, minguam suas chances para senador… Mas não para deputado federal. Ali, sim, o cenário é um pouco mais promissor. O problema é que sua indicação pelo cacique do partido, Jovair Arantes.

Um cenário crível, ainda que pesado, é a candidatura de Torres ter mais votos que Jovair. Os dois só seriam eleitos com uma boa chapa, mas o eterno líder do PTB não parece do tipo que correria riscos com o ex-procurador.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade