Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Defesa de Lula tenta impedir depoimento de Emílio Odebrecht

Advogado argumenta que haveria prejuízo à defesa do ex-presidente

Por Ernesto Neves Atualizado em 5 jun 2017, 18h24 - Publicado em 5 jun 2017, 17h41

Logo no início do testemunho do empreiteiro Emilio Odebrecht contra o ex-presidente Lula, na tarde desta segunda (5), em Curitiba, a defesa do ex-presidente Lula pediu para que o depoimento fosse adiado.

Segundo o advogado Cristiano Zanin, o depoimento deveria ser remarcado devido ao “cerceamento da defesa”, que seria decorrente da inclusão de novo material ao processo.

Foi a segunda vez que Zanin tentou a estratégia. De manhã, entrou com um habeas corpus contra o depoimento, que espera para ser apreciado.

Moro negou o pedido.

Continua após a publicidade
Publicidade