Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Cunha reclama de ser transportado em ‘jaula’ de viatura e Moro rebate

Ele não gostou

Por Ernesto Neves Atualizado em 22 mar 2018, 13h55 - Publicado em 22 mar 2018, 08h21

Ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha não gostou de ser transportado para uma audiência da parte de trás de um veículo da Polícia Federal.

Segundo a defesa, o local é inseguro e Cunha não ofereceria risco caso se sentasse ao lado dos agentes da PF (ver foto abaixo).

A reclamação foi feita ao juiz Sergio Moro que, no entanto, rejeitou o pedido.

Reprodução/Reprodução

“… este julgador realizou inspeção no veículo e pôde constatar que o acusado foi transportado na parte de trás do veículo, onde existe um banco com acolchoamento e cinto de segurança”, escreveu o magistrado. 

“De fato, o transporte no local não é totalmente confortável, mas está longe de causar sofrimento ou de ser indigno ao transportado. Entendo que, com todo o respeito ao ex-Deputado, as condições, embora não sejam ideais, são adequadas, considerando as limitações de recursos das forças de segurança”, completou o juiz.  

  • Continua após a publicidade
    Publicidade